quarta-feira, 6 de julho de 2022

SACRAMENTOS E SACRAMENTAIS

 

 



Por Plinio Maria Solimeo

 

No Antigo Testamento a economia da graça era muito severa, de maneira que nossos primeiros pais encontravam dificuldade na prática da virtude, pois deviam observar os preceitos de Deus, sem terem os recursos que, no Novo Testamento, Nosso Senhor Jesus Cristo concedeu à Sua Igreja para auxílio dos fiéis. Eles são inúmeros, estando entre os mais importantes os Sacramentos.

Considere-se apenas que, pelo Batismo, como diz o Catecismo chamado de São Pio X, “renascemos para a graça de Deus, pois ele confere a graça santificante, que apaga o pecado original, e também o atual, se o há; perdoa toda a pena por eles devida, e imprime o caráter de cristão, fazendo-nos filhos de Deus, membros da Igreja e herdeiros do Paraíso, tornando-nos assim aptos para receber os outros Sacramentos”.

O que é um Sacramento

Arcebispo relata o milagre da Virgem Maria em uma menina de 4 anos no México

 

POR WALTER SÁNCHEZ SILVA

 

O até recentemente Bispo de San Juan de los Lagos e atual Arcebispo de San Luis Potosí (México), Dom Jorge Cavazos, contou o que ele mesmo definiu como o milagre realizado por intercessão da Virgem de San Juan de los Lagos em um 4 menina de 3 anos que sofre de uma doença incurável.

Recentemente entrevistado pelo Dr. Everardo López Padilla, chefe do Arquivo Histórico da Catedral de San Juan de los Lagos, o Arcebispo contou o que aconteceu em 7 de abril na Catedral de San Juan de los Lagos, no estado mexicano de Jalisco, durante a cerimônia de troca do vestido da Virgem, quando colocou a imagem mariana ao lado de Abigail Campos, uma menina doente de quatro anos que seus pais levaram com fé para lhe pedir a graça de sua cura.

“Aquele dia foi algo muito especial. Vai-se com muita fé e devoção. Eu senti que (a Virgem) me disse 'vai de novo, fica de novo'. Senti isso, como uma inquietação interna e é com o vídeo que se torna mais viral.

Exorcista alerta para perigo de mulheres que "casam" com o diabo no México

Imagem referencial.  Crédito: Marek Piwnicki/Unsplash. 

 

POR DAVID RAMOS

 

Nos últimos dias, a história de uma mulher que “casou” com o diabo viralizou nas redes sociais, e um padre exorcista alerta que uma relação amorosa com um demônio é impossível, porque ele “não ama, mas odeia, destrói”.

A imprensa mexicana apanhou o caso de uma mulher que, vestida de branco, realizou um ritual de "casamento" com o diabo, apresentado em uma estátua em forma humana, com chifres e nua. O ritual teria ocorrido no estado mexicano de Veracruz.

Para o Pe. Andrés Esteban López Ruiz, membro do Colégio de Exorcistas da Arquidiocese Primaz do México, este ritual é "um pacto com o diabo" ao qual se acrescentam "certas notas nupciais", pois "o diabo gosta de imitar e substituir o relacionamento e vínculo que Deus tem com as pessoas.

quinta-feira, 30 de junho de 2022

As chaves da Carta Apostólica de Francisco “Desiderio Desideravi” sobre a formação litúrgica

A Santa Sé publicou ontem a Carta Apostólica do Papa Francisco intitulada "Desiderio Desideravi". Nela, o Pontífice aborda o problema da necessidade de formação no campo litúrgico.

liturgia criatividade pessoal
O Papa presidindo a missa na abertura do sínodo sobre a sinodalidade.

 

 

Francisco, ciente das tensões causadas pelo Motu Proprio Traditionis Custodes, tenta nesta Carta Apostólica apaziguar os espíritos e insistir mais uma vez na unidade litúrgica. Todos os católicos de rito latino sob o mesmo missal, é a proposta do Sucessor de Pedro.

Instrumentalização da liturgia

Entrando nos pontos mais importantes da Carta Apostólica, no número 16, o Santo Padre agradece ao Concílio "a redescoberta da compreensão teológica da Liturgia e sua importância na vida da Igreja". O Bispo de Roma afirma então que sua intenção com esta carta é “convidar toda a Igreja a redescobrir, salvaguardar e viver a verdade e a força da celebração cristã”. 

É aqui que o Papa adverte que "desejaria que a beleza da celebração cristã e suas necessárias consequências na vida da Igreja não fossem desfiguradas por uma compreensão superficial e redutora de seu valor ou, pior ainda, por sua instrumentalização ao ao serviço de alguma visão ideológica, seja ela qual for", numa clara alusão às "guerras litúrgicas" que se vivem atualmente no seio da Igreja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...