segunda-feira, 20 de setembro de 2021

LA SALETTE e a oração contra a invasão dos demônios

Nossa Senhora, em La Salette, revelou que em 1864 os “demônios seriam soltos do inferno” e viriam para a Terra, atacando especialmente a Igreja Católica a fim de extinguir a Fé. [Os condenados – Luca Signorelli (1445-1523). Catedral de Orvieto].

 

 

Por Luís Dufaur

 

No remoto ano de 1846, exatamente há 175 anos, Nossa Senhora revelou o percurso geral da humanidade até chegar ao fim do mundo, atravessando nossa época em crise que daria num abalo purificador universal. Após isso, o mundo conheceria um glorioso período de séculos: o Reino de Maria. No final, advindo nova decadência, o Anticristo se manifestaria e Nosso Senhor Jesus Cristo, em pompa e majestade, viria à Terra para encerrar a História da humanidade com o Juízo Final.

O Segredo de La Salette anunciou que em 1864 os “demônios seriam soltos do inferno” e viriam para a Terra, atacando especialmente a Igreja Católica com o objetivo de extinguir a Fé. A linguagem sugere uma invasão gradual: “Eles abolirão a fé pouco a pouco […] até nas pessoas consagradas a Deus. Eles as cegarão de tal maneira que, salvo uma graça particular, adquirirão o espírito desses maus anjos”. Por causa disso, “durante algum tempo a Igreja será entregue a grandes perseguições. Será o tempo das trevas, e a Igreja passará por uma crise pavorosa”[1]. Isso não parece descrever nossa época?

Bispo suíço do Opus Dei: 'Não tenho nada contra' uma mulher 'se casar' com outra

Um bispo suíço da Opus Dei endossa as uniões civis de pessoas do mesmo sexo, enquanto um padre africano da Opus Dei foi suspenso por criticar o próprio apoio do Papa Francisco a essas uniões. Para onde caminha o Opus Dei?

Imagem em destaque
Bispo Joseph Bonnemain, durante uma entrevista em vídeo em junho de 2021.

 

Por Dra. Maike Hickson

 

Em 26 de setembro, o povo suíço votará em um referendo sobre a questão de se deve ou não haver “casamento para todos”. O bispo suíço Joseph Maria Bonnemain, o novo bispo católico de Chur, já entrou várias vezes no debate, alegando que não tem objeções às uniões do mesmo sexo e "casamentos", mas pedindo que o casamento entre homem e mulher seja então reiniciado nomeado para "diferenciar". Em nenhum momento ele apresenta o ensino da Igreja sobre a pecaminosidade dos atos homossexuais.

Bonnemain está seguindo aqui o próprio pontífice, uma vez que o Papa Francisco parecia ter uma posição semelhante quando endossou publicamente as uniões civis do mesmo sexo - embora não as chamasse de "casamento" - e ao mesmo tempo permaneceu em silêncio sobre os ensinamentos da Igreja sobre a pecaminosidade dos atos homossexuais.

Em 21 de outubro de 2020, um documentário chamado Francesco  estreou em Roma. Nesse filme, o Papa disse as seguintes palavras sobre as uniões civis homossexuais: “O que temos que criar é uma lei da união civil. Dessa forma, eles são legalmente cobertos. Eu defendi isso.”

O Reino do Anticristo

Todos os males que sofremos têm uma causa: o distanciamento da maioria dos homens de Jesus Cristo e da sua santíssima lei, tanto na vida como nos costumes, bem como na família e no governo dos Estados.

 

 

Por

Assim escreveu Pio XI em 1925: há menos de cem anos ... Mas não: não é só que nos distanciamos de Jesus Cristo e da sua Lei Santíssima. Demos um passo adiante. O mundo adora o próprio diabo, Satanás, o Anticristo.

E eles se prostraram diante do Dragão, porque ele havia dado o poder à Besta e se prostraram diante da Besta dizendo: «Quem é como a Besta? E quem pode lutar contra ela? " Ele recebeu uma boca que proferia grandeza e blasfêmias e recebeu poder para agir por 42 meses;  e ela abriu a boca para blasfemar de Deus: para blasfemar do seu nome e da sua habitação e dos que habitam no céu. Ele foi autorizado a fazer guerra aos santos e derrotá-los; Ele recebeu poder sobre todas as raças, povos, línguas e nações. E todos os habitantes da terra o adorarão, cujo nome não está inscrito, desde a criação do mundo, no livro da vida do Cordeiro imolado. (Apocalipse 13).

Você não vê isso? Você não percebe as mentiras daqueles que governam e governam neste mundo? O diabo é o pai da mentira. O Catecismo diz:

domingo, 19 de setembro de 2021

Eles alertam sobre uma carta falsa do Núncio na Argentina sobre a comunhão na boca

A falsa carta com a assinatura do Núncio na Argentina.  Crédito: Twitter CEA
A falsa carta com a assinatura do Núncio na Argentina

  


POR WALTER SÁNCHEZ SILVA

 

O Episcopado da Argentina, a Nunciatura Apostólica no país e o Bispado de Gregorio Laferrere alertaram sobre a falsidade de uma carta que circula nas redes sociais, que aborda a questão da comunhão na boca e que leva a assinatura do Núncio no país, Bispo Miroslaw Adamczyk.

A carta é datada de 6 de setembro de 2021, uma acusação de recepção manuscrita datada de 17/09/2021 e a assinatura da Dra. Rosa Mabel Vera, Secretária da Chanceler. A carta é dirigida ao “Presbítero Víctor Hugo Centeno”, pároco da Paróquia San José de la Justina da Diocese Gregorio de Laferrere.

Twitter do Episcopado  publicou a carta em 18 de setembro, com a palavra "falsa" escrita em vermelho e em maiúsculas, com a seguinte legenda: "Aviso do Bispo de Gregorio de Laferrere verificado antes da Nunciatura Apostólica e este é o seu própria Conferência Episcopal Argentina”.

O texto da carta é o seguinte:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...