sexta-feira, 31 de maio de 2019

O verdadeiro ensinamento das BODAS DE CANÁ



Por João Batista

A Mãe de Jesus foi convidada para uma festa em Caná da Galileia, Jesus e seus discípulos também foram. Tratava-se de uma festa de Bodas, isto é, de um casamento. Maria estava atenta a tudo o que estava acontecendo, é como se ela percebesse o que iria acontecer. E aconteceu que viera a faltar vinho (como pode o dono da festa não se organizar, e fazer com que isto não viesse a acontecer?), pois bem, tudo para que nessa festa de casamento, Jesus nos desse como que uma catequese do que tem que ser o MATRIMÔNIO e também se manifestasse a intercessão de Maria junto a Seu Filho por aquela família.
Maria atenta a tudo, percebe que faltara o vinho...
"Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: “Eles já não têm vinho”. (Jo 2, 3)
Quando Maria se dirige a Jesus, é porque ela como mãe e também sabendo quem é Jesus, confia que Ele fará algo para amenizar a "vergonha" pelo qual aquela família viria a passar com a falta do vinho. Jesus responde a Ela...
“Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou”. (Jo 2, 4)
Sim, a hora pelo qual Jesus foi enviado Pelo Pai, não havia chegado. Jesus veio com a Missão de se entregar em sacrifício pelos pecados da humanidade, mas Maria como que "quebrando" o protocolo diz...

“Fazei o que ele vos disser”. (Jo 2, 5)
Jesus começa a realizar o Seu primeiro milagre através da intercessão de Sua Mãe. E com o milagre, Ele nos mostra como deve ser o matrimônio no decorrer do tempo em que os cônjuges vivem juntos. Jesus ordena aos serventes...
“Enchei as talhas de água”. Eles encheram-nas até em cima." “Tirai agora” – disse-lhes Jesus – “e levai ao chefe dos serventes”. E levaram." (Jo 2, 7s)
O chefe dos serventes ao provar a água que fora colocada nas talhas, observou que estava provando vinho (ele não sabia o que tinha sido colocado nas talhas), chamou o noivo e disse...
“É costume servir primeiro o vinho bom e, depois, quando os convidados já estão quase embriagados, servir o menos bom. Mas tu guardaste o vinho me­lhor até agora”. (Jo 2, 10)
Aí é onde entra o ensinamento de Jesus. O primeiro milagre foi realizado em uma festa de casamento, e em tal milagre, Jesus nos mostra que o matrimônio quanto mais duradouro que seja, tem que ir se tornando melhor a convivência entre os cônjuges. Vamos entender melhor. O chefe do servente diz:  "Mas tu guardaste o vinho me­lhor até agora”. Ao final da festa, pelo milagre de Jesus é servido o melhor vinho, assim também tem que ser o casamento, quanto mais amadurecido e sendo convivido na presença de Deus e com a intercessão de Maria, melhor vai ficando. 
Não existe mais a paixão dos noivos, mas o amor que se doa um ao outro, o verdadeiro amor.
===================
Ainda em tempo, quero aqui colocar o que o senhor Edir Macedo falou sobre este primeiro milagre de Jesus. Vamos ver o vídeo;



"Tu me dirás talvez: “Por que ele ainda se queixa? Quem pode resistir à sua vontade?” Mas quem és tu, ó homem, para contestar a Deus? Porventura o vaso de barro diz ao oleiro: “Por que me fizeste assim?” Ou não tem o oleiro poder sobre o barro para fazer da mesma massa um vaso de uso nobre e outro de uso vulgar?" (Rm 9, 19-21)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...